Please reload

Últimas notícias

Mozart, Dvořák e Tchaikovsky

16 de Abril - 21h

TEATRO ADEMIR ROSA - CIC

 

Max Straußwald

maestro convidado 

(Alemanha) 

 

A Camerata Florianópolis realiza na noite de hoje, com regência do maestro convidado Max Strausswald (Alemanha), mais um concerto de sua Temporada 2015. 

 

O concerto tem início com o Adágio e fuga em Dó menor, de Wolfgang Amadeus Mozart, obra que reflete uma visível influência de Johann Sebastian Bach sobre o autor. A obra é parcialmente inspirada em Bach, sendo perceptível uma mudança gradual na intensidade e no estilo, partindo do classicismo para o barroco.

 

Na sequencia, considerada como um dos principais desafios técnico/musicais para orquestras do gênero, a Camerata executa a Serenata para Cordas em Mi Maior de Antonín Dvořák. 

 

Esta obra foi escrita em cerca de duas semanas, no decorrer de um dos períodos mais felizes e produtivos da vida do compositor tcheco. É, por isso, uma obra bem humorada, com um carácter de leveza que a torna singular, transparecendo de princípio ao fim grande elaboração musical e lirismo. Ela esconde, afinal, uma notória maestria no domínio da escrita, sobrepondo linhas melódicas que embaraçam as expectativas mais evidentes. São cinco andamentos em que se destaca a coerência formal, através de uma profunda consciência das proporções, e, não menos importante, a exploração exaustiva da peculiar sonoridade dos instrumentos de cordas da orquestra.

 

No período do Romantismo viveu Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893). Nascido na Rússia, transitou entre os mais diversos gêneros musicais, escrevendo concertos, sinfonias, óperas, balés e música de câmara em variadas formações. Embora não constasse no Grupo dos Cinco, Tchaikovsky representa o âmago da música russa, nomeando o importante Conservatório de Moscou, segunda instituição de formação musical mais antiga no país, onde o próprio compositor ministrou teoria e harmonia.

 

O Souvenir de Florence, op. 70, em ré menor, foi composto em 1890, sendo revisado no penúltimo ano de vida do compositor. Trata-se de uma peça dedicada à “Sociedade de música de câmara de São Petersburgo”, e leva este nome pois o compositor iniciou a composição numa viagem que fez à Itália, enquanto trabalhava em sua ópera A dama de Espadas. Originalmente composto como um sexteto de cordas (para dois violinos, duas violas e dois violoncelos), é freqüentemente executado nesta adaptação para orquestra de câmara. Souvenir de Florence talvez não esteja entre as mais conhecidas obras de Tchaikovsky mas, sem dúvida, além de ser carregada por uma extrema dificuldade técnica para os músicos executantes, trata-se de um brilhante exemplo da música de câmara para cordas, escrito em sua maturidade artística. 

 

 

 

Max Strausswald (Alemanha) - Maestro Convidado

 

Música e Regencia de orquestra estão entre as preocupações centrais na vida de Max Straußwald, desde sua infância. Nascido em Mônaco da Baviera (Munique), em 1957, regeu seu primeiro concerto aos dezessete anos. Iniciou 1967 seus estudos de  acordeão clássico, e estudou história da música, teoria musical e harmonia com o Professor Alfred Zehelein. Posteriormente prosseguiu seus estudos de regência. Paralelamente, fez bacharelado em Literatura alemã, francesa, psicologia e linguagem de ensino.

Tem intensa atividade com as orquestras que rege, com as quais, além de concertos na Alemanha, participa regularmente de competições na Alemanha, Áustria e França, e foi vencedor de inúmeros prêmios. Além disso, participa regularmente como júri de concursos de música na Alemanha e na Rússia.

Sua formação profissional foi concretizada através de cursos de ensino superior no Ilya Musin Society, com o maestro Ennio Nicotra, em Perugia e Palermo, na Academia de Música de São Petersburgo e da Universidade de Milão, onde, em 2012, recebe o prêmio de honra ao mérito como melhor aluno deste curso. 

 

Dentre diversas orquestras e grupos, destaca-se seus concertos com a Orquestra e State Academic Symphony of Radio, ambos de São Petersburgo, a Orquestra Sinfônica Giulio Rusconi Milan e em 2014 foi assistente do Mestre Filippo Bressan na produção de Don Carlo em Politeama de Lecce.

 

 

Please reload

Please reload

Arquivo

Camerata Florianópolis - Tel: 48 3233 2324 / camerata@camerataflorianopolis.com.br

  • Facebook Social Icon

Curta a nossa fanpage do Facebook!